Meu Perfil
BRASIL, Norte, belem, Nova Marambaia, Homem, Portuguese, Informática e Internet, Cinema e vídeo



Histórico


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 veja as fotos
 Visite a Wikipedia
 Blog do Launde
 Blog da Dilma
 Blog da Ana Júlia
 Blog do Professor Eric
 Blog da Professora Daniella Torres


 
Diário de um educador.


Agora em novo endereço:


http://professorcavalcante.wordpress.com



Escrito por luiscavalcante às 13h59
[] [envie esta mensagem] [ ]



Depois de uma semana cheia de coisas boas e outras não tão boas assim.


Termino a semana com esta canção que diz:


E bem que viu o bem-te-vi
A sabiá sabia já
A lua só olhou pro sol
A chuva abençoou
O vento diz "ele é feliz"
A águia quis saber
Por quê, por que, por qual será
O sapo entregou
Ele tomou um banho d'água fresca
No lindo lago do amor
Maravilhosamente clara água
No lindo lago do amor

 


 





Escrito por luiscavalcante às 23h33
[] [envie esta mensagem] [ ]



Hoje foi o mais longo dos dias.

 

Pensei que a noite nunca mais chegaria!!!!!

 

 

CREMAÇÃO

 

Alunos da escola Norma Morhy comemoram entrega de novo prédio


Sorriso no rosto. Semblante feliz. Era essa a expressão no rosto de dezenas de crianças que  orgulhosamente, entoaram o Hino Naciona hoje à tarde durante a solenidade de entrega do  novo prédio da escola estadual Norma Morhy, na Cremação. A felicidade era geral: direção, professores e alunos agradeciam a todo instante pela reforma que a escola passou e que, agora além de laboratório de informática, ganhou biblioteca, refeitório e quadra coberta. Os novos espaços foram apresentados em forma de jogral por alunos da 3ª e 4ª séries do ensino Fundamental. Eles fazem parte do universo de 350 alunos atendidos há 19 anos pela escola.


Para a diretora, Dolores Couto foi mais que uma reforma. “Recebemos um outra escola, digna dos nossos alunos. E isso foi graças ao compromisso desse governo”, avaliou. Em seguida , a aluna Raquel Ferreira, da 4ª série representou seus colegas agradecendo pelo emprenho da diretora e do secretário de Educação, professor Luis Cavalcante pela “bela reforma”.


“Hoje a festa é das crianças”, disse o secretário adjunto de Logística Escolar da Seduc, Luis Lopes. Ele citou as melhorias e investimentos feitos na educação do estado e elogiou a parceria que a Seduc tem feito com as comunidades escolares “para solução de problemas que se arrastavam há décadas”, constatou.

“Meu desejo é de que todos os alunos da escola pública sejam vencedores”, disse o professor Cavalcante. Lembrou das dificuldades de seu tempo ao estudar em escola pública, sem condições. “Jamais imaginei que chegaria a um cargo de secretário”, disse emocionado. Ao se dirigir aos pais e responsáveis presentes falou que a reforma não é uma dádiva e sim o retorno dos impostos pagos por eles. Elencou ainda os investimentos feitos no sentido de valorizar os educadores, dentre os quais, o PCCR. “ Nossos professores e alunos são cidadãos de primeira qualidade e não deixam nada a desejar aos que estudam na rede particular”, ressaltou.

 

Texto: Tereza Vasconcelos

Ascom/Seduc



Escrito por luiscavalcante às 22h31
[] [envie esta mensagem] [ ]



Aluno de Soure é finalista de concurso do Senado Federal

 

“Brasil, um orgulho, uma esperança!” Com este tema o aluno Sidiel Brito Queiroz, 17 anos, aluno da 3ª série do ensino Médio, da Escola Estadual Edda de Souza Gonçalves, localizada em Soure, arquipélago do Marajó ganhou o mundo, ou melhor voou pela primeira vez até a capital do país- Brasília, como um dos finalistas do II Concurso de Redação do Senado Federal. Entre tímido e feliz ele distribuía autógrafos na manhã desta quinta-feira, 02, no estande dos “Autores Paraenses”,  instalado na XIV Feira Pan Amazônica do Livro, no Hangar. Ele percorreu de carro e balsa os 94 quilômetros que separam Soure de Belém, para participar de um bate-papo com outros alunos da escola pública e assim contar sua experiência como finalista de um concurso nacional.


Ele conta que tomou conhecimento do concurso na própria escola que reuniu os 15 alunos com melhores notas em Língua Portuguesa para escrever sobre o tema:”Muito prazer, sou  cidadão de uma República chamada Brasil”. Ele que já havia ficado em segundo lugar na versão do “Soletrando”, organizado pela escola, estava confiante e  “sentia” que sua redação seria a escolhida. “Soube que iria representar o Pará no concurso, e foi uma explosão de emoção, e o que é melhor, minha cidade ficou feliz comigo”, disse emocionado.


Durante sua visita à feira do livro, Sidiel conversou com vários alunos; falou da importância em participar de um concurso nacional e foi apresentado ao secretário de educação do Pará, professor Luis Cavalcante que o parabenizou, desejando muito sucesso em sua vida acadêmica. Sidiel quer ser jornalista e no final deste ano estará prestando vestibular na Universidade Federal do Pará. “Espero no próximo ano estar lançando um livro sobre minha viajem à Brasília”, anunciou.


Texto: Tereza Vasconcelos

Ascom/Seduc



Escrito por luiscavalcante às 22h19
[] [envie esta mensagem] [ ]



Seduc promove várias atividades na Feira Pan Amazônica do Livro

 
 
Esta semana, como os alunos costumam denominar, a Seduc "bombou". São várias atividades pela Semana da Pátria, Jogos Escolares-JEPs, Feira Pan Amazônica do Livro  e de quebra, licitações, ordens de serviço para entregar na capital e demais regiões e ainda inaugurações.

Nesta quinta, 02, pela manhã após participar de desfiles escolares em Ananindeua, o secret´´ario de Educação, professor Cavalcante esteve na feira do livro para conhecer o aluno Sidiel Brito, vencedor do concurso do Senado Federal, dar uma "palavrinha" aos alunos participantes do Gincana LIterária das Escolas da Rede Estadual, cumprimentar alunos com deficiência visual que jogavam xadrez em Brailler no estande da Seduc e ainda receber alunos e professores de Bragança, integrantes do projeto Aluno Repórter. Foi uma verdadeira maratona de coisas positivas feitas pelas escolas estaduais. " Nossas escolas produzem muita coisa boa" disse o professor Cavalcante.


Ainda houve tempo para particpar do desfile escolar no Tapanã e inaugurar a escola Norma Morhy, na Cremação. Depois seguiram-se mais atividades na Feira do Livro.

  
Nesta sexta, a festa cívica continua e os desfiles estarão acontecendo na rodovia Mario Covas (Coqueiro), na avenida Dalva (Marambaia) e na Rua Silva Castro ( Guamá ).
 
 
 
Ascom/Seduc


Escrito por luiscavalcante às 22h19
[] [envie esta mensagem] [ ]



Alunos(as) das escolas públicas foram feitos pra brilhar.

 

Alunos da Escola Estadual Temístocles de Araújo apresentam “Cabanos”

 

“A divulgação da nossa história e a idealização do cinema nas escolas é o nosso principal objetivo nesse trabalho!” exclamou o estudante Kaleb Teixeira, aluno da Escola Estadual Temístocles de Araújo e um dos principais atores da película “Cabanos”, lançada nesta terça-feira (31), na XIV Feira Panamazônica do Livro, no Centro de convenções e Feiras da Amazônia – Hangar. A Secretaria de Educação (Seduc) em parceria com a Federação Paraense de Cine Clubes do Pará (PARACINE) promove durante essa semana uma série de exibições de filmes de caráter paraense, com debates e palestras para os participantes.


A ideia de desenvolver um filme onde os próprios alunos pudessem produzir e atuar é uma iniciativa do professor da escola, Sebastião Pereira, que também é diretor e roteirista do filme. Para ele, a realização desse trabalho foi importante para o desenvolvimento da cultura do Pará, de uma forma diferente, tomando como foco maior o interesse dos alunos em aprender. “Quando eu iniciei o projeto, pude perceber como eles ficaram envolvidos com a história. Percebi um interesse maior em aprender e acabei unindo as coisas. Este é um projeto que tem tudo pra dar certo daqui pra frente e continuar nas nossas escolas” comentou o professor.


O filme conta a história da Revolução Cabana na província do Grão-Pará, ocorrida no século XIX, em meados de 1835. Destaque para o personagem “João do Mato”, ribeirinho, que juntamente com seu cunhado “Chicão”, resolve deixar seus familiares e se aventurar na capital para defender a causa dos menos favorecidos.


Participação – A exibição do filme “Cabanos” lotou o auditório do Hangar destinado ao evento. Entre os expectadores, destacava-se a presença de alunos do município de Bragança, que fazem parte dos projetos “Aluno Repórter” e do “BragaCine”, ambos incentivados pela Seduc. Ao final da exibição, eles aplaudiram bastante o filme e o coordenador do BragaCine, Aílton Rocha, convidou o professor Sebastião Pereira e seus alunos para uma exibição em sua cidade.

A aluna Clarisse Martins, que faz parte do projeto “BragaCine”, se mostrou entusiasmada com a iniciativa dos colegas e espera poder ajudar na divulgação do filme. “Agora nós vamos poder exibir o filme através do nosso projeto e assim, levar a ideia de educação e arte para outras escolas”, avaliou.

Serviço:  

A mostra PARACINE continua nos dias 01,02, 03 e 04 de setembro, sempre às 10h e às 14h30, com exibição de filmes  locais, debates e palestras sobre educação, arte e cinema. 

 

Texto: Anita Brasil,

ASCOM / SEDUC

 

E tem mais


Objeto: Contratação de empresa especializada na execução de obras civis para reforma geral, climatização, construção da quadra coberta e implantação da acessibilidade da EEEM. Alexandre Zacarias de Assunção, localizada na Tv. Barão de Mamoré, bairro: Guamá, no município de Belém/Pa. Data da Visita: 15/09/2010 Horário: 08:00 às 10:00 hs. Presidente: Edson Resende de Almeida. Processo: 219.676/2009.

 

Veja mais aqui




Escrito por luiscavalcante às 08h07
[] [envie esta mensagem] [ ]



Novo Progresso

Convênio entre estado e município reconstrói escola de ensino fundamental


 


 

As aulas na escola de ensino fundamental “Tancredo Neves”, localizada no município de Novo Progresso, a 2.100 quilômetros de Belém, começaram a ser bem diferentes a partir de hoje. Isso porque, por meio de um convênio entre o estado e a prefeitura, a maior e mais antiga escola da cidade está sendo reconstruída e, nesta segunda-feira (30), comemorou a conclusão de parte da obra: a construção de 12 salas de aula e uma quadra poliesportiva coberta. A festa reuniu centenas de estudantes, professores e pais da comunidade.


 Participaram da solenidade de inauguração o secretário de estado de educação, professor Luís Cavalcante; a prefeita Madalena Hoffmann; o vice-prefeito Ricardo Faccinn; o secretário municipal de educação, Gilberto dos Santos; a diretora da escola, Vanderlana Oliveira; presidente da câmara municipal, vereador Hamilton Alves, entre outros.


 Por meio de um investimento de quase R$2 milhões repassados pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc) ao município, além das salas de aula e da quadra de esportes, ainda serão construídos uma sala de vídeo, bloco administrativo, laboratório de informática, laboratório multidisciplinar e biblioteca.


 Estímulo – “Adeus sala velha”. A frase foi escrita, com giz, no quadro de uma das salas de aula que serão demolidas e substituídas por novos ambientes escolares. O trabalho de construção do que ainda falta começará ainda esta semana, após a demolição de um bloco antigo.

Dentro de uma sala de aula nova, com ar-condicionado, quadro magnético e bem iluminada, o estudante da 5ª série, Vagner Siqueira, 12 anos, disse estar ansioso para o início das aulas na sala nova. “Quero logo estudar aqui, junto com os meus colegas”, disse o estudante. Sua mãe, a dona de casa Divânia Leite, 33 anos, também disse estar mais feliz e mais tranqüila com a obra na escola. “A gente sente mais confiança em uma escola bonita e reformada”, afirmou.

 

Ao comemorar o sucesso da parceria com a Seduc, a prefeita Madalena Hoffmann destacou que “o povo precisa das ações do estado e do município” e orientou a comunidade escolar para cuidar e conservar a escola.


O secretário Luís Cavalcante reafirmou que “a prefeitura e o governo do estado são parceiros e entendem a importância da educação pública”, e acrescentou: “investir em educação é uma responsabilidade do Estado”.

 

   

 Escola Tecnológica - Durante a inauguração da escola Tancredo Neves, na noite desta segunda-feira (30), em Novo Progresso, o secretário de estado de educação, professor Luís Cavalcante e a prefeita Madalena Hoffmann assinaram a ordem de serviço da construção da Escola Tecnológica que vai ser erguida no município – uma das onze a serem construídas pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc).


 Por meio de um investimento de R$ 5,6 milhões a empresa vencedora da licitação F.C.K. Engenharia dará início, em 30 dias, na construção de 13 salas de aula, quadra poliesportiva coberta, auditório, bloco administrativo, área de convivência, biblioteca, bloco de serviços, instalação de uma subestação de energia, além da adequação de galpão para laboratórios de recurso mineral e agropecuário. 


 Toda essa estrutura será abrigada em uma área de 12 mil metros quadrados, localizada entre as ruas Eucalipto e Edelberto Oderenge, no bairro Bela Vista 4. Atualmente, o terreno no qual será construída a escola está vazio e lá somente se vê terra e mato. Mas, ali em frente, mora a dona de casa Maria Lídia Queiroz, o agricultor Irailton da Silva, e seus três filhos de 6, 7, e 11 anos de idade que souberam, conversando com o secretário e com a prefeita, da construção da escola.  


 “Vai ser um privilégio ser vizinho dessa escola. Com certeza, vamos acompanhar essa construção”, disse o agricultor. Para a dona de casa, a expectativa é de que um dia seus filhos estudem na escola. “Quando eles acabarem o (ensino) fundamental, vai ser muito bom eles estudarem aí”, disse Maria Lídia.


 Ao assinar ordem de serviço da obra, o secretário observou que com as escolas tecnológicas e a educação profissional, o ensino médio terá também a função de permitir o acesso ao mercado de trabalho. Ele ressaltou que é preciso analisar qual é a vocação dessa escola, considerando a realidade da região. “É preciso que se construa uma escola que esteja adequada ao ritmo e a necessidade do desenvolvimento regional”, afirmou.

 

Texto: Mari Chiba

Fotos: Rai Pontes

 

E tem mais:

 

Aviso de Licitação

Número de Publicação: 150674

Modalidade: Tomada de Preços

Número: 83/2010

Objeto: contratação de empresa especializada na execução de obras civis para ampliação na EE. PE. Nicolino de Souza, localizada no Município de Oriximiná/Pa.Data da Visita: 08/09/2010 Horário: 08:00 às 10:00 hs. Presidente: Nilce Brelaz Guedes. Processo: 359.195/2010.

Entrega do Edital: 01/09/2010

Objeto: contratação de empresa especializada na execução de obras civis para reforma geral da escola e construção do muro e de 02 (duas) salas de aula na EE. Retiro Grande, localizada no Município de Cachoeira do Arari/Pa. Data da Visita: 10/09/2010 Horário: 08:00 às 10:00 hs. Presidente: Jorge Luiz Bezerra de Oliveira. Processo nº. 350.496/2010.

Objeto: Objeto: contratação de empresa especializada para prestação de serviços de construção de escola nova com 06 salas de aula, localizada no Município de Marabá/Pa. Presidente: Edson Resende de Almeida. Data da Visita: 24/09/2010. Horário: 08:00 às 10:00 hs. Presidente: Edson Resende de Almeida. Processo nº. 296.050/2009.

Objeto: contratação de empresa especializada na execução de obras civis para prestação de serviços de conclusão da reforma geral com ampliação da EEEFM. Gonçalves Dias, localizada no Município de Santarém/Pa. Data da Visita: 09/09/2010 Horário: 08:00 às 10:00 hs. Presidente: Nilce Brelaz Guedes. Processo: 252.640/2009.


Escrito por luiscavalcante às 21h55
[] [envie esta mensagem] [ ]



PAN AMAZÔNICA

Começa a maior feira de livros da Amazônia

Ao som de atabaques, berimbaus e tambores a 14ª edição da Feira Pan Amazônica do Livro traz este ano para o Hangar-Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, o continente Africano e toda a sua cultura, para que seus visitantes possam ver de perto “A África que fala Português”. São mais de 200 expositores entre livreiros e editores, que durante o período de 27 de agosto a 05 de setembro farão leitores de todas as idades e tamanhos viajarem pelo mundo da literatura.

Durante a abertura nesta sexta-feira, 27, o secretário de educação, professor Luis Cavalcante destacou o incentivo que a Seduc vem dando para as ações que valorizam os trabalhadores da educação. “Nosso governo tem garantido qualificação dos nossos educadores por meio do Parfor-Plano de Formação, bolsa mestrado e doutorado, assim como aumentou de R$150 para R$200 reais o crédito para aquisição de livros. E no próximo ano, já garantimos no nosso PPA (Plano Plurianual), o valor de R$300”, anunciou.

Para o secretário de Cultura Cincinato Jr. a parceria com a Seduc tem dado certo. Em seu pronunciamento,  afirmou que a feira demonstrou crescimento significativo nos últimos três anos. “Só no ano passado foram mais de meio milhão de visitantes movimentando cerca de 30 milhões de reais”, informou. “Este ano contamos com mais de 200 expositores”, destacou.

A representante da Casa Brasil-África, da Universidade Federal do Pará, Leonor Palhano reconheceu que a feira resgata a contribuição “de um povo que foi arrancado de sua terra e que ajuda a construir a nossa história com sua crença, cultura e costumes”, ressaltou.

A feira este ano, tem como patrono o poeta paraense Bruno de Menezes, representando na abertura pelo filho José Haroldo de Menezes que agradeceu a iniciativa do Governo do Estado, em homenagear seu pai, recitando os poemas “Pai João” e  “Mãe Preta”.

  Cred-leitura vai atender 24 mil educadores

A Secretaria de Estado de Educação (SEDUC) vai disponibilizar durante a 14° edição da feira Pan Amazônica do Livro,  o programa  Cred Leitura, parceria Seduc, Secult e Banpará destinado aos servidores da educação do estado do Pará para a aquisição de livros durante o período da feira- 27 de agosto a 05 de setembro. Este ano, o valor do bônus que era de R$ 150 passou para R$ 200 e é creditado diretamente na conta corrente do servidor estadual, no Banpará.

O benefício vai beneficiar cerca de 24 mil trabalhadores da educação, entre eles professores, pedagogos, psicólogos, bibliotecários, técnicos em educação, fonoaudiólogos, diretores de escolas, orientadores e etc. O investimento da SEDUC para o cred leitura é de cerca de R$ 4,2 milhões.

A bonificação só poderá ser utilizada durante o período da feira, nos estandes das editoras e livrarias expostas no Hangar. Para poder ter direito ao cred leitura o profissional deve atender a alguns pré-requisitos tais como: ter no mínimo 100 horas de carga horária, regência de classe (estar em sala de aula) ou estar atuando em áreas afins, no caso de alguns técnicos de educação.

Este ano o servidor que, por algum motivo, não pôde receber o benefício durante os salões do livro que aconteceram em Santarém e Turucuí, poderá receber o crédito na feira de Belém. 

 


 

Texto: Tereza Vasconcelos/Izabel Cunha

Fotos: Adauto Rodrigues



Escrito por luiscavalcante às 17h13
[] [envie esta mensagem] [ ]



 

Li uma matéria sobre a ERC Cidade de Emaús no Jornal O Liberal de hoje.



No depoimento da minha colega professora as velhas desculpas sobre o fracasso escolar:


1) as crianças são de origem pobre;


2) o bairro do Bengui é violento;


3) falta laboratórios na escola.



Sobre laboratórios encontramos apenas 200 quando iniciamos nosso governo. Agora são mais de 600 com conexão a internet da banda larga.


Lotamos 400 professores nas salas de informática. Quando assumimos o governo eram apenas 100 profissionais.


O fato de uma escola não ter laboratórios não é justificativa para seu baixo desempenho no IDEB. Por esse raciocínio eu não seria Secretário Estadual de Educação, pois estudei em escola onde a tecnologia mais avançada era apenas o quadro e giz.


O fato do Bairro ser violento também não justifica o baixo desempenho. Estudei em escolas publicas localizadas na periferia. Eram bairro considerados violentos e nem por isso fui atraído a marginalidade. Um outro exemplo, o Edevandro Yuri, de 13 anos, aluno da sétima série da EEE Maria Luiza da Costa Rego, é campeão brasileiro de tênis, como sei o que é ser garoto pobre, determinei que posse dato total apoio para ele e seu treinador, sem falar nas alunas Andresa e Jaqueline.


Tenho certeza que Yuri, será tão bem sucedido na vida quanto meu filho que sempre teve tudo o que quis. Nasci em uma família muito pobre e isto, também, não foi empecilho para que aprendesse e vencesse na vida.


Recentemente visitei a escola Francisco Paulo Mendes (no coração do Paar) uma área considerada muito violenta. O diretor é um exemplo de dedicação e transformou a vida dos seus alunos(as) com projetos que envolvem a comunidade. A escola não é pichada e encontrei os alunos(as) felizes participando de um projeto de dança.


Aconselho o diretor da Escola Cidade de Emaús a fazer o mesmo!


Ainda sobre a escola Francisco Paulo Mendes.


Liguei várias vezes para o diretor da escola e resolvemos um problema que se arrastava há seis anos. A subestação da escola foi ligada e em breve estarei inaugurando o laboratório de informática, que não será um ambiente decorativo ou midiático, mas um espaço de fortalecimento dos projetos realizados na escola.


Lembro, ainda, que a escola Jorge Lopes Raposo que obteve o melhor desempenho no Enem não possui prédio próprio a altura do sucesso escolar ali produzido. Na escola duas professoras criaram o projeto Agência de Publicidade que conquistou os alunos e a comunidade escola.


O que os nossos alunos precisam é de um bom projeto de vida.


A escola é o local ideal para geração de bons projetos. E seu sucesso independe do bairro onde ela esteja localizada.


Quanto à mídia paraense gostaria que mostrasse, também, as coisas boas que produzimos em nossas escolas. Se for preciso pagar para a imprensa mostrar os bons projetos que as escolas produzem, eu pagarei.


Leia o texto a seguir:


CTAE na XIV Feira Panamazônica do Livro

agosto 29, 2010


A CTAE e os NTEs  realizam várias atividades de tecnologias e mídias educacionais durante a XIV Feira Panamazonica do Livro que acontece no Hangar nos dias 27 de agosto a 05 de setembro de 2010. Veja as imagens:

 


Estamos no stand da SEDUC juntamente com as equipes do SIEBE e os coordenadores do Projeto Xadrez Escolar que também têm intensas atividades.

Nosso stand é muito visitado por crianças, jovens e adultos que se interessam pelos jogos educativos do computador, acesso à internet e pelas oficinas de edição de vídeo e oficinas de criação de blogs.


Veja a programação das oficinas do NTE Belém:

DIAHORAOFICINA
28/0815:00Oficina: Introdução à Edição de Vídeo – Kdenlive
28/0818:30Oficina: Introdução à Edição de Vídeo – Kdenlive
30/0818:30Oficina: Introdução à Edição de Vídeo – Kdenlive
04/0910:30Oficina: Introdução aos blogs Educativos
04/0913:30Oficinas de Informática Educativa NTE Ananindeua e Belém

 

Ministram as oficinas de blogs educativos, o Professor veterano blogueiro  Franz Kreutner. E as oficinas de edição de vídeo são realizadas pelo Prof.esor Petrônio Lima que orientou a criação do video vencedor do Premio Navegatube edição 2009.


E temos ainda:

Dia 02/09

  • Bate Papo com a autora Joyce Correa (aluna da EEEF Leônidas Monte em Abaetetuba) que recentemente foi selecionada entre centenas de alunos de todo país para  publicar uma crônica através do Projeto  Ler é Bom,  Experimente. A aluna teve a orientação do Professor Franscisco Maués que também mantém um blog da sala de leitura da escola.  Saiba mais sobre o projeto Ler é Bom aqui.
  • Apresentação da equipe bragantina Aluno Repórter. Os alunos que integram o projeto farão reportagens ao vivo, direto da feira e entrevistam Joyce Correa;

Dias 04 e 05 de setembro:

Para encerrar esta intensa semana, vamos refletir sobre os sentidos que as inspiradoras palavras de Martin Luther King podem trazer a cada um de nós:

“É melhor tentar e falhar, que preocupar-se e ver a vida passar. É melhor tentar, ainda que em o, que sentar-se fazendo nada até o final. Eu prefiro na chuva caminhar, que em dias tristes em casa me esconder. Prefiro ser feliz, embora louco, que em conformidade viver.”

 

Texto AureaAlbuquerque

Fotos feitas pela fotógrafa e colaboradora de fim de semana,  Sara Luisa



Escrito por luiscavalcante às 11h20
[] [envie esta mensagem] [ ]




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]